20090714

Porto, Portugal Acordou mudo de um pesadelo mudo com a boca cheia de gritos. Aos pés da cama, o gato sorria com a (sua) língua ainda de fora.

1 comentário:

antonkovas@googlemail.com disse...

muito bonito :) @braço.