20100729

Nubia, Egipto No princípio, era um frio de rachar. Atabalhoado, enchia-me de roupa, às camadas. Cada uma abafava a interior, deixando os primeiros rasgos pálidos de mofo. Arrastando-se pela sarja, puíam a ganga nos joelhos, como se fosse chita. Então alguém disse "Estiquem a corda."; e o ar aqueceu. Os trapos velhos foram-se descascando e a própria pele, agora exposta, esfolou ao sol. Foi então que, na segurança das molas, as peças mais íntimas começaram a esvoaçar. E a corar. De satisfação.

2 comentários:

gabriela r martins disse...

amei


( e volto )




.
um beijo

Angela disse...

estes escritos, os últimos, estão super! Belos e profundos.